Notícia: Postal Saúde

Notícia publicada dia 18/02/2020

Aumentar/diminuir o texto:

Aconteceu ontem dia 17/02 no TST Sessão de Julgamento dos Embargos do Dissidio Coletivo, entretanto o Tribunal resolveu adiar o julgamento mais uma vez, decidindo  “deixar sobrestado”  ou seja deixar pendente a apreciação até que o Supremo Tribunal Federal -STF  aprecie no colegiado a liminar concedida pelo ministro Dias Toffoli.

Embora seja uma situação difícil, catastrófica, a posição da Empresa que aumentou de forma significativa os valores da mensalidade, a situação continua indefinida precisando análise de cada um e o sacrifício em pagar a mensalidade já que a saída do Plano com certeza é muito pior.

Recomendamos a todos uma reflexão sobre o assunto já que, repetimos, a situação ainda carece de uma decisão final e o pagamento da mensalidade nos manterá no Plano. É um momento difícil mas nossa luta será com certeza abençoada e a persistência nos trará com certeza a vitória final.



Compartilhe agora com seus amigos