LEI 8529/92: BODAS DE PRATA

Notícia publicada dia 15/12/2017

Aumentar/diminuir o texto:

Há exatos 25 anos, exatamente no dia 14 de dezembro de 1992 foi assinado a Lei 8.529/92 resultado de uma luta dos ex-funcionários públicos do departamento Dos Correios e Telégrafos que permaneceram na nova Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT.

Como diz o Luciano ao tomarmos conhecimento na nova Lei dos Ferroviários entendemos logo que bastaria uma vírgula e a palavra ECT e estaríamos contemplados. Surgiu então uma  ideia porque não ( nós também). Surgiu o nome do deputado Roberto Magalhães e foi feito o um lobby com o mesmo para que fosse efetuado  um PLC que depois de muito tempo, conversas, idas e vindas, foi enfim aprovado pelo Congresso, mas vetado pelo então Presidente da Republica Collor de Melo. Iniciado um novo trabalho agora com o Senador Mauro Benevides Presidente do Congresso e agora novo padrinho.

Vitória!

O veto foi derrubado e enfim sancionada a Lei. Nesse percurso muitos despontaram na luta alguns até quer não estão mais conosco como Cordelito, Edson Canil, Vila Nova, Eloi Schutz, José do Carmo Silveira e tantos outros. Muitos trabalharam com poesia como a Leda do ceará que em um dos seus poemas dizia “ Esse verbo aposentar se transformou em terror e o direito de parar de trabalhar… um horror…” mas completava “Se a esperança é o mais sagrado dos direitos que se tem meu direito sonegado não quero dar a ninguém!!!” Até o Elpidio se pronunciava em versos inclusive após a vitória ele diria “Agora com tudo em paz agradecemos ao Senhor pela graça alcançada do nosso Deus Salvador devemos ter na lembrança quem espera sempre alcança seja de que jeito for.”

Na verdade nesse grande trabalho muitos (incontáveis) pessoas, foram importantes e estão aí para fazer parte constate nas nossas orações, óbvio que não vou citar todos aqui, mas chamo atenção para alguns  que viveram o momento e outros que mesmo vindo depois seguraram e seguram a peteca até hoje como : Luciano Lapa, Enxuto, Geraldo Gomes, Geraldo Andrello, Vanda, Marlene Novais, Marlene Said, Valter, Tarcisio, Aguiar Alquait, Luis Reis, Maria Ribeiro, Paulo Arlindo, Mateus, puxa…  são muitos e com certeza não citei todos, mas hoje é dia de comemorar e muito , e agradecer realmente a esse presente que Deus nos permitiu e permite vivenciar.

Obrigado… Obrigado…  Obrigado…

F A A C O