Alerta Aos Aposentados (as) que entraram com ação da Correção de Poupança dos Planos do Governo

Notícia publicada dia 04/12/2017

Aumentar/diminuir o texto:

Poupador não é obrigado a aceitar acerto

Os poupadores que têm ações individuais devem acompanhar com cautela as discussões sobre o acordo para pagamento de perdas geradas pelos planos econômicos e, caso sejam incluídos no acerto por decisão do Supremo, eles devem saber que não são obrigados a aceitar a proposta, alerta o advogado Alexandre Berthe. “Se essa pessoa tem advogado, ela não deve tomar a decisão antes de consultá-lo” diz.

“Em muitos casos, a ação pode estar em execução e, sendo assim, o acordo não valerá a pena”, orienta.

Existe milhares de cidadãos que decidiram ir à justiça sem advogado, por meio de Juizados. Eles podem se informar nesses órgãos.

Fonte: Jornal Agora – 04/12/2017 (Segunda-Feira)